A minha horta é uma selva!

Desde o início do fim do Verão, ou seja, desde finais de Agosto, que não tem sido fácil regar a horta. Como só tenho tido disponibilidade para esta tarefa já depois do jantar, está-se mesmo a ver, acabo de encharcar os últimos regos já completamente de noite. Quando não há Lua cheia ando praticamente às apalpadelas e a pensar: “que jeitosos devem ser uns óculos de visão nocturna…”.
A esta dificuldade tem-se juntado outra: o “cantar” das cigarras ou ralos ou lá o que são. Uma chinfrineira tal que põe o cérebro a querer fugir das orelhas. É um barulho impressionante e não é de todo fácil localizar a sua origem. Parece que vem de todos os lados. Senti-me solidário com a história dos Gonçalves da Madeira que certa noite viram o sossego do seu lar invadido por um destes bichos; dizem eles que quase ficaram surdos enquanto arrastavam todos os móveis à procura do pequeno insecto. Não é portanto de estranhar que tenha dado comigo a pensar: “que jeitosos seriam agora aqueles abafadores para as orelhas…”
Reconheço que seria uma figura um tanto ou quanto ridícula andar a regar com óculos de visão nocturna e abafadores nas orelhas mas… a minha horta é uma selva.

Anúncios

One response to “A minha horta é uma selva!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: