Na altura das vindimas apanham-se nozes

Este ano as nozes foram todas apanhadas do chão. É bem mais prático do que andar com escadotes e a trepar pela nogueira acima mas também menos divertido. As que se encontravam ainda presas nos ramos mais altos foram varejadas mas sem grande eficácia. O Nuno não esteve com meias medidas e trepou pela árvore até lá acima. Depois, com umas fortes sacudidelas, provocou uma verdadeira chuva de pequenos projécteis capazes de fazer mossa a quem assistia cá em baixo. Nos galhos mais altaneiros ficaram as mais afortunadas mas que a própria nogueira se encarregará de lançar ao chão no decorrer das próximas semanas. É uma questão de ir passando por lá a ver o que há.

Na horta também se colheram mais uns quilos de tomates e de pimentos. A minha mãe, a Susana e o Nuno e também a Matilde, todas as três gerações de volta da abundância do Outono.

Advertisements

10 responses to “Na altura das vindimas apanham-se nozes”

  1. Ana Ramon says :

    Olá Luciano! A gente começa a visitar blogs, depois os blogs amigos dos amigos e a dada altura entramos por vários quintais e quintas sem pedir licença. Foi o que me aconteceu esta manhã. Andei a visitar as vossas hortas e deparei-me com este post sobre nozes. Aqui no Centro também estamos na fase da apanha. Temos várias nogueiras já plantadas por nós e têm uma produção razoável atendendo ao tamanho das arvores. Há 2 anos tivemos aqui uma praga de broca que acabou por matar uma série delas mas já estamos a resolver o problema. Mas queria pôr-vos uma questão: conhecem algum tipo de máquina para esmagar a casca? Até aqui fazemo-la à mão com os vulgares quebra-nozes. Mas precisamos urgentemente de mecanizar esse trabalho. Se souberem alguma coisa sobre isto, agradeço que me contactem. Foi um prazer estar convosco. De vez em quando passarei por aqui para vos cumprimentar. Um abraço

  2. luciano says :

    Ana, a nossa produção de nozes é pequenina. As que colhemos vão sendo pacientemente descascadas ao longo do Inverno, para comer na altura, de preferência em frente à lareira. Eu não conheço maquinaria que o faça mas vou indagar.
    E são sempre benvindas as visitas! Eu fiz o mesmo à vossa quinta e devo dizer que fiquei impressionado com a vossa vivência com os animais. É toda uma faceta da vida do campo que nós aqui, por opção, não temos.

  3. Afonso Albuquerque says :

    Ola andando a procura de blogs sobre nogueiras, por termos uma plantaçao em Estremoz viemos aqui parar. ao ler os post anteriores vi uma questao sobre uma maquina que parta a casca das nozes, nos temos uma na nossa associaçao, existem varias marcas e modelos tanto electo-mecanicos como com ar comprimido, partindo a casca e tornando assim mais facil retirar o miolo. ja agora gostaria de saber qual o metudo por vos utilizado para a secagem e para a apanha. 1 abraço Afonso ALbuquerque

  4. Luciano says :

    Afonso, como a nossa produção é para consumo próprio, as nozes são ou apanhadas do chão ou colhidas da árvore; depois de lavadas ficam uns dias a secar ao Sol e depois ficam armazenadas num local arejado.

  5. Diego Guaragna says :

    Gostaria de saber se alguem poderia me ajudar, pois tenho uma nogueira, e os frutos dela estão caindo, mesmo estando verdes.

  6. margarida says :

    gostaria se saber a altura de varejar a nogueira

  7. Luciano says :

    @margarida, por cá a apanha tem sido feita nos finais de Setembro, início de Outubro.

  8. Francisco says :

    Eu gostava que me ajudasse pois as minhas nozes estao muito negras nao se pode fazer alguma coisa se souber ajude me obrigado

    Francisco

    • Luciano says :

      @Francisco, se não quiser usar químicos, que não recomendo, o máximo que pode fazer, pela experiência que tenho, e lavá-las e escová-las na altura em que são apanhadas e descascadas, antes de secarem ao Sol; por experiência também, o facto de serem negras – a juglandina é um tinto poderoso – é meramente cosmético e não altera negativamente o paladar.

  9. manoel carlos santos says :

    achei esta planta nogueira muito interesante, e gostaria de saber se elas se adaptam no sertão da bahia, e como faço pra adquerir mudas enchertadas …

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: