Ponte arbórea

Com vento e um pouco de chuva este amieiro tombou sobre o rio. As raízes mal escoradas na margem rochosa não aguentaram o peso.
Mais acima vê-se a ponte de pedra. Quando ela não existia, a queda de uma árvore era a ocasião de os animais mais afoitos passarem para a outra margem.

Anúncios

Trackbacks / Pingbacks

  1. QdM » Amieiro renascido - 11/15/06

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: