O ponto mais alto

Este é, com excepção da zona do portão de entrada, a zona mais alta da quinta. Quando vi novamente a referência às turbinas eólicas no Sargaçal, voltei a pensar que aqui, no ponto mais alto e mais exposto ao vento ascendente que sopra do rio, seria um bom local para colocar um gerador. Precisava era de um anemómetro para fazer umas médias da intensidade do vento. Mais um projecto a marinar, portanto.

Anúncios

2 responses to “O ponto mais alto”

  1. Luciano says :

    Eram precisamente esses geradores eólicos que o JRF referia no link. Também gostava de experimentar um gerador DIY, feito a partir da sucata de um tambor de travões automóveis e de uns magnetos de neodímio mas o meu tempo livre parece ser cada vez menor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: