Taipais do compostor

Hoje estive a montar um suporte para o taipal do compostor. No alçado veêm-se os muros em blocos e os suportes, feitos de ferro em cantoneira, enterrados e cravados num maciço de betão. Fiz a fundação bastante funda, quase um metro, para garantir a solidez dos taipais. Depois de cortada a cantoneira, escovei a ferrugem do ferro e pintei-o com “black jeffer”, um sucedâneo do piche. Depois de posicionado e alinhado, enchi a fundação com betão e pedras.
Já só faltam mais três.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: