Amieiro em flor

Alnus glutinosa (L.)

Os amieiros são reprodutores prolíficos. Depois de cataclismo diluviano de 2000, que arrasou o patamar à beira-rio, volvidos 7 anos colonizaram o espaço, transformando-o num amial, com várias árvores já acima dos cinco metros de altura.
Na fotografia, o amentilho masculino.

Advertisements

3 responses to “Amieiro em flor”

  1. marta says :

    No teu blogue impressionam-me sempre muito positivamente as fotografias e o trabalho que geralmente está por detrás de cada post destes…
    Seja o cultivo, a lenha, o pão ou mesmo a descoberta do nome de uma espécie (e ambos sabemos que isso pode ser bastante complicado).
    Gosto muito de ler a “Quinta dos Moinhos”: ajuda-me a acalmar e a relativizar…

  2. Luciano says :

    Obrigado Marta! Prezo muito a tua opinião e capacidade de análise – aliadas à forma clara como escreves, fazem das visitas à Garzeta um prazer enriquecedor – e fico portanto muito feliz pelo teu comentário.
    Para mim já era importante manter este registo, embora com penadas rápidas e sucintas e fotografias tiradas à-queima-roupa, como forma de me manter conectado com a Quinta*. Agora tenho mais um motivo!

    * Quinta com maiúscula, conceito algo abstracto, da qual a minha quinta é apenas parte.

Trackbacks / Pingbacks

  1. QdM » Desbaste do amial - 04/29/09

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: