Pulgões das favas

As favas estão a crescer viçosas e têm já algumas vagens bem desenvolvidas. São, de forma geral, muito rústicas e não padecem de grandes achaques. A não ser, por esta altura, com a chegada dos pulgões verdes e negros.

Como atacam sempre as partes mais tenras, no ápice onde crescem as novas folhas e caule, o remédio é simples: cortá-lo. Isto tem, segundo algumas opiniões, a vantagem de concentrar a energia da planta no desenvolvimento das sementes e não na rama.

One response to “Pulgões das favas”

  1. Filipe says :

    Ouvi uma vez um comentário, que nao consegui confirmar se certo ou errado. Disseram-me que os pulgões pretos ajudam o desenvolvimento das favas. Não sei se é por limitarem o crescimento da plantae assim ir mais energia para avagem.

    Mas apessoa em causa, um agricultor tradicional, dizia-me que nunca tratava do piolho nas faveiras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: