Regresso de páscoa

Depois de uma curta paragem, aproveitando as férias da Elsa, por terras Alentejanas, entre a Amareleja e Mértola, foi bom regressar a casa e ver tantas novidades. Uma delas foram as cerejeiras em flor.
É o segundo ano que florescem, espero que desta vez frutifiquem! Já estou prevenido para o facto de aqui não ser o clima ideal, bem como para os efeitos do penacho da refinaria de Leça, mas seria muito agradável provar umas cerejas em Maio. Uma das, muitas, excelentes recordações da infância que tenho, é a de trepar às cerejeira e comê-las lá em cima, até à absoluta saciedade, cuspindo despreocupadamente os caroços para o chão.

Anúncios

2 responses to “Regresso de páscoa”

  1. Elsa Castelo says :

    Teremos ainda que aguardar uns anos até que seja possível trepar por estas cerejeiras :)

  2. Bi says :

    Atenção que a cerejeira é bela, mas frágil! Quando for alta e forte, não dá para facilitar. Por isso mesmo, nas aldeias mandavam os jovens apanhá-las, por serem mais leves. Tive uma tia-avó, que caíu por se partir um ramo e……

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: