Escolopendra

Por cá já apareceram muitos bichos e este foi um dos mais impressionantes. Um couraçado fulminante, quer pela agilidade, quer pela peçonha, é digno de respeito. Uma valente centopeia, com uns 12 a 14 centímetros de comprimento.
Tentei identificá-lo mas não é de todo fácil, até porque alguns pormenores essenciais na correcta interpretação da chave dicotómica (esta é quase à prova de leigo) escaparam no momento em que o fotografei : coisas como tipo e número de espiráculos, se tinha ou não ocelos, se os tarsos eram unidos ou articulados…
Vou indagar os entendidos.

A melhor hipótese até agora é tratar-se de uma Scolopendra cingulata.

Advertisements

3 responses to “Escolopendra”

  1. jorge.gomes says :

    Na nossa zona são muito comuns. Têm fama de possuirem uma mordidela dolorosa. Como tal, isso dá-lhes sentença de morte sempre que aparecem. A sorte delas é a rapidez com que imediatamente se escondem debaixo de qualquer coisa.
    Quando era criança lembro-me de andar com amigos a levantar pedras em zonas em que havia possibilidade de aparecerem só pela excitação de as encontrar e do perigo que supostamente corríamos.

  2. gintoino says :

    São muito comuns por aqui tb…e demasiado rápidas para conseguir uma boa foto :-(
    Essa está optima, parabéns

  3. susete says :

    Na minha terra SERPA, dá-se-lhe o nome de “Forropeia” dada a dor forte da sua mordidela ou ferrada. Uma vez enrrolou-se uma ao meu tonoselo apanhei um valente susto por sorte não fui mordida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: