A velha fonte de alimentação

Ao pó voltarás, dizem. E, ao que parece, nem as maquinetas e engenhocas escapam.
Fiz esta fonte de alimentação quando tinha dezasseis ou dezassete anos. Não era nada por aí além mas tinha tensão ajustável e limitação de sobre-corrente. Coisas que se faziam na escola, quando se optava pela área de electrónica.
Decorridos quase vinte anos, é este o estado dela. Não foi particularmente estimada, já andou por oficinas empoeiradas e esteve anos esquecida numa prateleira.

Já ao desmontar o painel posterior o aspecto era decadente mas só quando retirei os restantes parafusos e abri a tampa da caixa é que me apercebi do estado dela: resistências carcumidas pela ferrugem, o condensador com o electrólito vertido, as pistas de cobre corroídas… Ainda a estive a testar mas não creio que haja grande coisa a fazer por ela, a não ser reaproveitar partes para uma nova.

One response to “A velha fonte de alimentação”

  1. Bi says :

    E…do pó, sairá uma nova fonte de alimentação… (Começo a sentir fome…) :-)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: