Pomar de cima fresado

Dada a minha manifesta falta de tempo, este ano tinha planeado reduzir a quantidade de culturas na horta – daí ter coberto a terra com tremoços e tremocilha. No entanto, farto de comprar nos supermercados batatas com péssimo paladar, acabei por mudar de ideias.
Assim, hoje de manhã esteve o trator a fresar o futuro batatal, que vai ser instalado no pomar de cima. As árvores de fruto ocupam a ramada, implantada sobre o muro de suporte, e uma fileira a meio do patamar, estando disponível todo o restante espaço.

Este socalco já não era cultivado há mais de oito anos – o que segundo alguns até é indicado para as batatas, que gostam de terreno bravio.
Adepto que sou da não mobilização do solo, custou-me ter de recorrer aos serviços do trator mas a verdade é que, num terreno já tão agreste e tomado pelas gramíneas, era completamente impossível fazer de outra maneira.

Advertisements

3 responses to “Pomar de cima fresado”

  1. CITRA says :

    De certo que as batatas irão ser bastante saborosas.

  2. ana ramon says :

    Mas a terra gosta de ser mexida de vez em quando. O meu maior problema aqui é convencer o caseiro a não usar tanto a fresa. Os engenheiros bem se esfalfam a ver se o pessoal muda de maquineta, mas é difícil. A fresa solta a terra até onde consegue trabalhar e por baixo fica uma camada demasiadamaente rija, quase parecendo cimento. A lavra evita isso revolvendo a terra em profundidade. Mas para finalizar o trabalho após a lavra, é recomendado usar a grade de discos e não a fresa. Esta última deixa a terra demasiadamente lisa que é facilmente arrastada pelas grandes chuvadas. A grade de discos deixa a terra mais defendida. Aqui na quinta temos a fresa e a grade de discos e só vejo utilizar esta última quando insistimos muito para ser utilizada.
    Este ano também vamos semear batata. Já tenho a semente estendida ao escuro para grelar. Uma vez andei a semear beringelas em volta do batatal porque dizem atrair aqueles bicharocos (que agora não me lembro o nome) e que atacam as batatas. Mas depois de tanto trabalho, fomos invadidos por uma tal praga que deu perfeitamente para atacar todo o batatal assim como as beringelas :))

  3. Bi says :

    Em miúda, também semeavamos batatas e para não se usar “remédio” para o escaravelho da batata, eu andava de bacia ou balde a apanhar um a um, assim como as larvas.Passava um tempão nisso, durante dias.Mas, havia anos que eram mesmo praga!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: