Ladrões

Quando há três semanas fui a Castromil, trouxe mais dois rododendros para juntar ao que tinha plantado lá em cima no monte, junto ao caminho.
Pareceu-me bem composto este trio, com dois de estatura média, outro arbóreo, cores combinadas. Daqui a uns anitos, que os rododendros são lentos a crescer, estariam bem bonitos.

Digo estariam porque, entretanto, aconteceu algo que me deixou durante uns dias absolutamente chocado. Roubaram-nos. Pode parecer incrível mas há pessoas dispostas a trazer um alicate, a cortar uma rede que delimita claramente uma propriedade privada, a entrar e a arrancar três plantas – sim, precisamente os três rododendros.

Tratei de fechar novamente a rede, com uns remendos de arame mas cá dentro, no chão, continuam estes buracos vazios. Em mim também.

Anúncios

12 responses to “Ladrões”

  1. nat says :

    que triste….
    :(

  2. sara aires says :

    Que frustração! Ai que gente tão parva! De cada vez que me morre uma flor fico doente uns dias, quanto mais se ma roubassem.
    Tomara que o jardim deles se encha de ervas daninhas e cochonilhas! Que é para aprenderem. :(

    :)
    bom-fim-de-semana

  3. gintoino says :

    Ele há gente para tudo….
    Bom fim de semana (embora sem os rododendros…)

  4. alice says :

    Já tinha ouvido falar em “ladrões de plantas”, mas confesso que pensei que era mais um mito. Estou parva.

  5. Violeta says :

    q cena! possas!

  6. Claudia says :

    Os meus avos sofriam roubos de limoes, rosas e uvas, mas plantas inteiras e’ mesmo uma pena.

  7. Renato Guedes says :

    É deveras triste vermos como as pessoas são frustradas com a felicidade dos outros. Bom, pena que não possa arranjar rododendros aos montes para os meteres pelos olhos dentro de quem havia de ficar sem maozinhas…

    Agora como a Claudia diz, os avós dela sofriam roubos, mas provavelmente eram roubos com outras causas… a fome devia ser muita… outros tempos… outras fomes… será que não iremos passar pelo mesmo?

    A vida continua…

  8. Jose says :

    O roubo de plantas não é propriamente um mito. Na minha pacata aldeia ainda há bem pouco tempo houve uma razia nocturna pelas orquídeas. A um amigo roubaram 50 pés de kiwi acabadinhos de plantar… sinais de crise, sobretudo de valores!

  9. sérgio says :

    boa noite luciano e familia. a mim já me roubaram cerca de 100 pés de eucaliptos, 25 cedros, 7 castanheiros que eu tinha enxertado o ano anterior e já tinham quase um metro de altura. várias arvores frutiferas que eu tambem tinha enxertado. vivo numa aldeia com menos de 30 abitantes duranrte quase todo o ano e sofro essa praga.

  10. Maria Luisa says :

    Dá cá uma revolta…enfim!!! A mim, tam bém me avisam…”cuidado que ainda vos vêem roubar as árvores”… Sempre achei esse aviso um exagero, mas pelo que leio aqui…não sei não…!!!

  11. Rosa says :

    Há cada uma! O que farão com as plantas roubadas, jardins?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: