Tempestade

Sexta-feira, na ida a Penafiel, o céu estava divido em dois: a poente, um Sol de fim de tarde luminoso; a nascente, todo ele coberto de nuvens escuríssimas. No tulipeiro do jardim central, que vê o céu mais de perto, notava-se um certo receio. Todo ele abraçava os últimos raios de Sol, como quem prolonga a despedida, por adivinhar longa e difícil a noite escura.

Anúncios

One response to “Tempestade”

  1. tete says :

    Mais uma fotografia bonita! E tanto coração e tanta alma para dar, que dás vida a tudo que te rodeia. Como gosto do teu eu e como me sinto bem com as tuas imagens, quer pela sua beleza quer pelo seu lado humorístico.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: