Vândalos no milheiral

Plantas de milho cortadas

Se não são vândalos, parecem. Não sei que bicho será mas o certo é que os pés de milho andam a ser destruídos. Aparecem tombados no chão, roídos ou cortados junto ao solo. E o raio do bicho não faz mais nada: não come o grão de milho que está debaixo da terra, não trinca as pontas verdes das folhas. Pura e simplesmente, corta o pé de milho pela base e segue para o seguinte.

milho comido

Houve quem já apontasse o dedo a caracóis ou lesmas pelo que resolvi fazer um visita surpresa a meio da noite mas não encontrei ninguém com a boca na botija – ou no milho. Serão pássaros? Ratos?

Estimo que uns 20 a 25% dos pés de milho tenham assim dizimados. Tratei entretanto de semear novamente mais grãos nos intervalos que ficaram despidos e resta-me esperar que o bandido malvado só se meta com milhos bébés.

Advertisements

6 responses to “Vândalos no milheiral”

  1. gintoino says :

    Há umas larvas de coleoptero, os ingleses chamam-lhe cutworm (para variar só sei o nome em ingles….é o q dá ler tanto blog “estrangeiro” ;-) ) que podem muito bem estra naorigem desse vandalismo. Comigo aconteceu-me com as alfaces, andei por lá a escavar e encontrei uma serie delas (quem ficou a lucrar foram as galinhas q nesse dia fizeram a festa)

  2. joba says :

    Pelo que conta parece que teve uma visita aí de um pombal próximo. Os Pombos gostam de fazer esses estragos…. Já me aconteceu

  3. Luciano says :

    @gintoino: Desconfio que és capaz de ter razão. Quando andei a sachar o milho para semear o feijão e as abóboras, creio que encontrei um ou outro lagarto parecido com os que encontrei na net pesquisando por “cutworm”.

    @joba: há de facto alguns pombais aqui relativamente perto mas, por uma qualquer razão, nunca vi os pombos aqui pousados. Melros, gaios, petos, rolas, é com fartura; pombos não. Como dizia, inclino-me mais para os “cutworms”, esses malvados!

  4. Pereira says :

    pela minha esperência são os pardais levam tudo de manha muito cedo como se questuma dizer, levantar cedo ao cantar do pardal

  5. kenia Andrea says :

    Comigo está acontecendo a mesma coisa, já não sei mais o que fazer. Já é a 6 vez que pego as mudas ainda pequena e planto elas de volta, as que não murcharem ainda dá para recuperar.
    Também suspeitei de ratos, pois as sementes apareciam roídas. Mas hoje foi muito estranho, fui ver a minha pequena lavoura e as covas estavam abertas ( pois estou fazendo milho gradativamente) e parte das sementes sumiram outra parte estava lá!
    Agora tive uma idéia. Plantei novamente sementes, agora em um vaso de plastico de 50 cm de comprimento com furos no fundo e coloquei dentro do cercado com tela dos alfaces , quando germinarem retiro as mudas e então poderei plantar em terreno aberto. TOMARA QUE FUNCIONE. Se alguém puder me ajudar me mande email por favor! obrigada Kenia.

Trackbacks / Pingbacks

  1. QdM » A companhia do milho - 06/4/09

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: