Sapo parteiro comum (ou como o meu desmazelo compensa)

Sapo parteiro na caixa de areia

De facto, tudo o que fazemos, ou, no caso, deixamos de fazer, tem impacto no que nos rodeia. Em causa está uma porção de areia, cerca de um metro cúbico dela, que sobrou da obra da rampa. Ficou, desde então, empilhada a um canto num exemplo clássico do “era para ser temporário mas acabou por ficar assim durante quatro anos”. Mas nem tudo foi mau. A verdade é que este montinho de areia acabou por ser adoptado por uma série de espécies, desde aranhas a sapos.

Foi só quando, há pouco tempo, me dediquei a arrumar o caminho para ter acesso ao muro do canteiro que queria pintar, que construí uma caixa de madeira, improvisada de madeira reciclada de paletes, que os descobri.

com a preciosa carga às costas

Com a sua preciosa carga às costas, estes bichos, num belo exemplo de altruísmo paternal, ao longo de dois meses estes répteis dedicam-se exclusivamente a cuidar da prole – e nem se distraem com coisas banais, como procurar alimento. Não será por isso à toa que os chamam sapos-parteiro.
A minha vénia, meus caros. E espero que a mudança para a dita caixa de areia não vos cause grande transtorno: já por isso é que a deixei cheia de frinchas e frestas, pois claro.

os ovos

sauron?

Advertisements

4 responses to “Sapo parteiro comum (ou como o meu desmazelo compensa)”

  1. rosa says :

    Incrível!

  2. Eugenia do Vale says :

    Também gostava de ter lá uns sapos.
    Dizem que come as lesmas e os insetos mas não sei o que acontesse lá no meu quintal.
    Eu acho que sei, os meus vizinhos põem veneno em tudo; é para as lesmas por isso é que elas fogem todas para as minhas coisas, é cava quimica para acabar com as ervas daninhas, só eu é que tenho ervas eles queimam tudo com um liquido.
    No ano passado deram-me um ouriço para por lá mas nunca mais o vi de certo já morreu com tantas coisas que a minha prima e a vizinha pôem por lá.
    Eu sei que acabo por não comer nada biologico, o quintal é pequeno, daí tudo o que se põe por perto contamina-me o meu.
    é impressionante a quantidade de produtos que eles usam, é amónio para crescer e ficar tenro, é granulado para as lesmas e os caracois e não têm medo …
    saudações eugenia

  3. bi says :

    Pois….por isso eu só tenho lesmas e caracóis!!!Apenas me dedico a apanhá-los e matá-los, não uso produtos…..este ano foi um aviar deles!!
    Mas não me importava de ter esses sapos, se tivesse espaço….

  4. Rosa says :

    Ena! Parteiro e tudo…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: